Frases


"Todos temos coisas na vida que valem a pena ser contadas, escritas. Mesmo que não para publicar, escreva-as para a família."Ilko Minev



quarta-feira, 25 de novembro de 2009

O melhor da Semana da Animação


A Semana da Animação, ocorrida no final de Outubro aqui em Fortaleza, como parte da comemoração do Dia Internacional da Animação, reuniu um grande público para as oficinas, bate-papos e exibições.

Foi realmente um belo evento. Confira tudo o que aconteceu na Semana no blog do NUCA, Núcleo de Cinema de Animação:


OBS: Esta é uma postagem um pouco tardia, é verdade, mas muito bem-vinda para os que não puderem conhecer a Semana da Animação.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Dia Internacional da Animação



Está se aproximando mais uma edição do Dia Internacional da Animação, evento que desde de 2004 realiza mostras de curtas metragens nacionais e internacionais em todo o Brasil.
E este ano, aqui em Fortaleza, teremos a Semana da Animação, que começará agora em 22 de outubro, seguindo até o dia 28.
Nesta ramificação do evento principal, haverá mostras especiais, oficinas, conversas com animadores etc, além da mostra oficial do DIA.

Para informações completas sobre a Semana da Animação, incluindo a programação, datas, locais e horários, visite o blog de Diego Akel, coordenador local do DIA.

Para informações gerais sobre o Dia Internacional da Animação, incluindo a programação na sua cidade, visite o site oficial do evento.

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Xadrez animado

Já há algum tempo, encontrei esta simpática animação em stop motion, dedicada ao xadrez, que, diferente da maioria das animações feitas com base no jogo dos reis, é muito bem elaborada e conduzida.
Não chega a ser um trabalho 100% profissional, por conta de algumas pequenas falhas técnicas, mas que não chegam a prejudicar o andamento da obra. No geral a qualidade é bem acima da média e seu criador está de parabéns pelo grande trabalho.
A animação, feita com massinha de modelar pelo promissor animador italiano Riccardo Crocetta, foi criada em cima da partida entre Roesch e Willi Schlage, ocorrida em Hamburgo, no ano de 1910.
Para os fãs de xadrez, um detalhe curioso é que a posição após 13...Bh3 e a posterior, foram usadas pelo diretor Stanley Kubrick, em "2001: uma odisseia no espaço", para o jogo entre Frank Poole e o Super Computador HAL-9000.

Segue então o curta animado:


Algumas imagens do processo de criação podem ser vistas aqui.

Mais uma vez, aos fãs e interessados em xadrez, se quiserem ver e analisar a partida, podem conferi-la em sua integridade nesse link.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Linhas e Espirais


Linhas e Espirais, um dos mais recentes curtas de meu irmão, Diego Akel, foi selecionado para a mostra oficial do Dia Internacional da Animação.
No evento, que ocorre em 28 de outubro, há exibições de curtas-metragens nacionais e internacionais no Brasil e no mundo. Neste ano, foram inscritos 126 curtas-metragens em animação de vários estados brasileiros, sendo apenas 9 selecionados para a mostra oficial.
Diego produziu Linhas e Espirais em junho deste ano, se valendo da técnica da pintura no tempo e de ferramentas de trabalho digitais, seguindo um caminho diferente dos que estava habituado a traçar. A experiência deste trabalho lhe proporcionou um grande crescimento e reconhecimento profissional, favorecendo a idealização e desenvolvimento de vários outros projetos em andamento, como o promissor Círculo, do qual falarei aqui em breve.
Essa é a segunda grande conquista de Linhas, que em agosto deste ano foi selecionado para o Animanima, festival internacional de animação, que ocorre de 9 a 12 de Setembro na Sérvia.

Então, segue o curta:



Para detalhes adicionais:

Akel Estúdios - Blog de Diego Akel, página de Linhas e Espirais
Dia Internacional da Animação - Site oficial do evento
Animanima - Site oficial do festival

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Referência: Tatu Pohjavirta

Nesses últimos dias, tenho feito grandes varreduras pela internet, em busca de material relacionado à animação, para estudo e análise. Acabei chegando assim a Tatu Pohjavirta, e me surpreendendo com sua obra. Como uma das principais metas do Diálogos Visuais é a divulgação de grandes nomes, às vezes não muito conhecidos ou divulgados, vamos a breves considerações sobre esse talentoso animador:

Tatu Pohjavirta graduou-se na Academia de Artes na Turquia (1997 - 2001), trabalhou como fotógrafo, e atualmente vive como diretor de animação em Helsinki, Finlândia. Ele produziu diversos curtas animados, tanto utilizando bonecos com stop-motion, como animação com desenhos. Seus filmes já foram exibidos em inúmeros festivais internacionais. Desde 2002, passou a ensinar animação. É membro da European Film Academy.
Sua animação "Kuvastin" foi premiada no Tampere Short Film Festival, conceituado festival finlandês, e concorreu ao prêmio de melhor curta pela European Film Academy. "Kuvastin" também foi mostrado no Nordic Panorama, em Londres.

O trabalho de Pohjavirta é realmente fantástico. Seus curtas têm uma personalidade muito própria, e um certo caráter obscuro. O universo criado por ele fascina, em um misto de sentimentos e emoções. Até usando o popular Flash o trabalho de Pohjavirta impressiona, provando que não é a ferramenta que faz o artista.

Tenho sempre visto e revisto esse material, que sempre parece se renovar. Altamente ispirador sob muitos aspectos para quem trabalha com animação, e também extremamente agradável para os fãs de animação em geral.

Segue, então, "Kuvastin":




Quem quiser, pode baixar em melhor qualidade, não apenas "Kuvastin", mas outras grandes obras do animador turco, através dos links abaixo:

- Naval Point (1999)
- Kuvastin (2001)
- Torso (2002)
- Mummo (2003)
- Elukka [parte 1][parte 2] (2005)
- Virtavalta (2005)

Vejam e surpreendam-se :)

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Em produção: Polígonos

     Próximo curta animado em andamento. O conceito para a estruturação de Polígonos adveio diretamente do recentemente finalizado Golpe Postal, mais precisamente no dia 20 de Junho, quando eu e Diego começávamos a trabalhar na parte final de Golpe.
     Formas como  quadrados, triângulos, pentágonos etc, que encontrei em minhas pesquisas para os novos elementos de Golpe, me inspiraram a criar esse novo projeto. A técnica básica será exatamente a mesma: formas criadas a partir de folhas de papel, fotografadas, levadas ao computador, tratadas e em seguida animadas.
     Quando se pensa em polígonos, hoje em dia, tem-se logo a imagem de computadores processando milhões deles, na composição de um personagem qualquer. Minha ideia propõe exatamente o contrário: valorizar as formas poligonais pela sua essência.
     A maioria das cenas que fiz para Golpe, de certa forma foram uma prévia do que pretendo fazer em Polígonos. Serão vários planos simétricos, valorizando cada uma das formas que estiverem em cena, bem como suas respectivas cores. 
     Polígonos é meu primeiro projeto como realizador independente, e tenho estado a frente de todo o seu desenvolvimento. Diego tem me auxiliado em várias etapas de produção. 
     Abaixo, alguns estudos iniciais de composições com as formas:

















     Estou trabalhando em Polígonos há quase um mês, e até o momento os resultados têm sido muito interessantes :)


sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Seminário Internacional de Cinema de Animação



                      Alberto Lucena Junior, convidado

     
     No início deste mês, tivemos este evento aqui em Fortaleza, anexado às atividades do 19º Cine Ceará e organizado pelo NUCA (Núcleo de Cinema de Animação Casa Amarela Eusélio Oliveira/UFC). O seminário, ao longo de seus três dias, contou com cinco mesas de discussões, bastante distintas, e reuniu grandes profissionais da área, que dialogaram temas relacionados à animação. A iniciativa também envolveu mostras com curtas-metragens animados de diversas partes do mundo, e sorteio de DVDs com obras de realizadores locais ao público.
     Entre o seleto grupo de seminaristas, nomes como Juan Padrón, renomado diretor de animação cubano e os portugueses Abi Feijó e Regina Pessoa.

     Lista completa dos convidados:
 
Silvio Toledo (PB)
Lula Gonzaga (PE)
Márcio Ramos (CE)
Diego Akel (CE)
Sérgio Nesteriuk (PUC-SP)
Diego Stoliar (Animador e Diretor de Animação)
Alberto Lucena Junior (UFPB)
Silas de Paula (UFC)
Arnaldo Galvão (Desenhista, Diretor, Produtor, Roteirista e diretor comercial da ABCA - SP)
Marta Machado (Presidenta da ABCA)
Patrícia Alves Dias (Multirio)
Andrés Lieban (2D Lab)
Quiá Rodrigues (ANIMANIA – TV Brasil)
Luciana Druzina (GRANIMADO)
Wilson Lazaretti (Núcleo de Animação de Campinas)
Abi Feijó (Ciclope /Portugal)
Regina Pessoa (Ciclope /Portugal)
Juan Padrón (ICAIC / Cuba)
Elisabete Bullara (CINEDUC)
Sávio Leite (MUMIA)

     A vinheta do Seminário Internacional de Cinema de Animação, criada por Diego Akel, pode ser assistida no link abaixo:



 Estive presente em vários momentos do seminário, que sem qualquer dúvida, foi de excelente aproveitamento, tanto para o público, como para os organizadores e convidados. Seguem algumas fotos:



Mesa 1 (Animação Nordeste), da esquerda para direita: Diego Akel, Silvio Toledo, Márcio Ramos






Momento após o término da primeira mesa



Mesa 4 (Animação adulta X animação infantil: qual a fronteira?), da esquerda para direita: Quiá Rodrigues, Luciana Druzina, Patrícia Alves Dias.


                 Alberto Lucena Junior e Diego Akel





                          Seminário Internacional de Cinema de Animação



     Para informações completas sobre todo o evento, acesse o blog do NUCA. Fotos adicionais podem ser encontradas no Flickr.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Por trás de Golpe Postal (III)

Golpe Postal - A finalização


Com a boa aceitação da versão reduzida, iniciamos tão logo possível a produção da conclusão de Golpe. Pesquisei novos elementos para compor mais cenas, olhando-os já com um olhar diferente da primeira vez, quase como se pudesse vê-los animados. Ao todo foram cerca de 10 novas formas. Algumas delas podem ser vistas abaixo:








Essa segunda etapa de produção iniciou-se no dia 20 de Junho. Diferente da primeira parte, agora eu faria mais do que apenas idealizar cenas. Atuaria também diretamente como animador, junto com Diego.
Fiz um breve treinamento e alguns testes com as formas, e em pouco tempo comecei a produzir sequências à altura do curta. O interessante é que minhas cenas se diferem bem das feitas por Diego. Enquanto eu gosto de ter a simetria em foco, preferindo planos quase geométricos, ele se sente em casa com planos mais vigorosos, densos, caóticos, com movimentos nada previsíveis. Realizamos o curta inteiro com esses dois pontos de vista distintos, que se combinaram perfeitamente. Abaixo, imagens de Diego, editando e trabalhando em algumas sequências:




E mais algumas de segmentos criados por nós para a parte final de Golpe Postal:








O trabalho empreendido nessa fase de conclusão também foi corrido, pois visávamos terminar o curta a tempo de inscrevê-lo para o Dia Internacional da Animação, cujo prazo seria até 15 de Julho.
Adotamos um ritmo bem similar ao da primeira versão, e conseguimos concluir o curta - que ganhou um pouco mais de um minuto em sua duração, na tarde do próprio dia 15. Mas só conseguimos relaxar mesmo após irmos imediatamente ao correio mais próximo e enviá-lo :)
A experiência com Golpe Postal foi e tem sido extremamente valorosa para nós. Desde o início, queríamos fazer algo diferente, que explorasse novos conceitos, a partir de um material aparentemente simples.
Neste dia 15 de Agosto, fará um mês de sua conclusão. Nesse meio tempo, posso dizer que ele de certa forma mudou nossa forma de agir e produzir, como se tivéssemos encontrado um novo direcionamento. Muitas novas ideias e perspectivas para futuros projetos têm surgido após o término de Golpe. Em breve postarei algumas delas.

Bom, é isso, está aqui, ao longo dessas três postagens, uma síntese do processo básico de como foi fazer Golpe Postal. Vejam abaixo o filme em sua versão final:





Espero ter sido interessante conhecer um pouco de nosso trabalho, e que ele possa, quem sabe, inspirar novas produções :)

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Por trás de: Golpe Postal (II)


Golpe Postal - A produção

Com a ideia geral girando em torno de um envelope, que se move pelo plano, expelindo as figuras, começamos a produção concreta. Improvisamos um estúdio em nosso quarto, para se fazer as fotos. Fizemos ainda as formas com diferentes tipos de papel, ajustamos a luz de uma luminária sobre uma mesa, onde ficariam as formas, sobre um papel branco, e finalmente posicionamos o tripé com a câmera.





Detalhe do envelope pronto


Após levar as fotos para o computador, iniciou-se a próxima parte do processo. Trabalhamos em cima delas, realçando cores e sombras e recortando-as, para começar a animação propriamente dita.
O título me veio à mente logo no início da produção. Mas ainda cheguei a trabalhar um tempo sob o título Guerra Postal, porém esse título conduzia o curta a um caminho diferente do que tínhamos pensado. Pensei em trocar Guerra por Golpe, Diego gostou e assim foi feito. O título final faz alusão às formas como uma encomenda inesperada.
Tínhamos um prazo curto para entregar o "trabalho", e com a sessão de fotos terminada no dia 2 de junho, só teríamos mais três dias, até o prazo de entrega, o dia 5. Assim, trabalhamos intensamente dia e noite. Juntos, imaginávamos como as sequências deveriam ser e Diego as animava. Abaixo, imagens de alguns segmentos:








Enquanto produzíamos, percebemos o potencial do material que tínhamos em mãos, e percebemos também que 1 minuto seria muito pouco para as possibilidades que aquilo poderia gerar. Mas como o tempo era desfavorável, tivemos que fazer uma versão reduzida, apenas para cumprir o prazo da faculdade.
Quanto à trilha sonora, recorremos a uma biblioteca sonora de uso livre, agrupando trechos de músicas e editando-os, para criar uma sincronia com as cenas. O piano foi escolhido por transmitir uma certa tranquilidade ao ritmo que as formas conduziam, gerando uma boa harmonia.
Na sexta-feira, 5 de junho, no início da noite, estava finalizada essa primeira versão, com 0:57 de duração (créditos inclusos). O trabalho foi muito bem aceito pelo professor e colegas, mas o nosso trabalho ainda não estava concluído.


Imagem da cena final da versão reduzida

Veja como o filme foi concluído na última parte dessa série, clicando aqui.


Por trás de: Golpe Postal (I)

A primeira postagem oficial do Diálogos Visuais apresenta o mais recente trabalho feito por mim e meu irmão Diego Akel, o curta animado intitulado Golpe Postal. Falarei aqui, ao longo de três postagens, um pouco sobre como surgiu a ideia do projeto, passando pela sua produção, até a sua finalização. Diversas fotos de nosso arquivo ilustram essas etapas, como pode ser visto abaixo:

Golpe Postal - A ideia

Bem, tudo começou com um trabalho de conclusão de disciplina (Desenho de Animação) da faculdade de meu irmão, onde ele sendo monitor, ficou sem equipe, e perguntou ao professor se poderia fazer com o seu irmão.
O foco do trabalho era a criação de um curta animado utilizando objetos simples, com a técnica do stop-motion, que tivesse uma duração de até 1 minuto. Muitos utilizariam brinquedos para produzir seus curtas, mas nós iríamos um pouco além.
Diego me falou os detalhes e eu me animei com o que poderíamos fazer. Eu já havia trabalhado com ele, como roteirista em O Facínora (2006), e colaborado em todos os seus projetos seguintes. Estava mesmo com o intuito de fortificar nossa parceria de produção, e esse trabalho não poderia ter aparecido em melhor momento.
Um pouco antes de surgir esse trabalho da faculdade dele, eu havia começado a me interessar por origami, a arte de dobrar papel, lendo e pesquisando muito a respeito. Estive tão fascinado pela simplicidade com que se podia obter as mais variadas formas através de dobras em um papel quadrado, que imaginei poder levar aquilo a outro nível: animação com origami.

A figura da medalha, uma das primeiras que aprendi a fazer, que mais me impressionava visualmente

Tinha comentado essa ideia com Diego, que achou interessante, mas talvez não começássemos a fazer algo com ela tão cedo, bem nessa coisa de "vamos fazer sim, um dia", e o tal dia não chega nunca. Mas aí veio o prazo do trabalho que havia sido passado, então sugeri logo a ideia de já realizá-lo usando o origami. Diego se entusiasmou com as possibilidades e começamos a discutir as primeiras concepções ainda no final de maio.
Inicialmente, havia a ideia de que o curta mostrasse uma luta de lutadores de sumô feitos de origami:


Detalhe de uma de nossas primeiras ideias para o curta



Essa ideia, porém, foi abortada, pois era bastante complexa para ser produzida. Precisaríamos quase de um equipamento profissional para realizá-la de acordo como imaginávamos, sem falar que tínhamos pouco tempo até a data de entrega do trabalho. Além de que acabaria sendo uma típica animação feita com origami, e nós visávamos um novo conceito, valorizando mais a forma às dobras.
A essa altura, já era certo o modo como o curta seria desenvolvido: com o uso de nossa câmera digital caseira, faríamos fotos dos origami, que seriam recortadas no computador, e então as formas seriam animadas digitalmente, de maneira muito similiar a um stop-motion com objetos reais.
Após mais algumas conversas, e ideias jogadas ao ar, chegamos à melhor que poderíamos ter no momento. Meus pensamentos completavam os de Diego, à medida que estruturávamos o andamento do curta. Era um conceito bem simples: sobre um fundo preto, diversos objetos feitos de origami fariam evoluções pela tela, valorizando o contraste de cores fortes com o preto do fundo. Pensamos ainda em um envelope, como sendo o emissor de tudo. Assim nasceu o conceito para Golpe Postal:



Imagens mostram estudos iniciais de cores e formas


Continua na parte II, basta clicar aqui.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Bem-vindos ao Diálogos Visuais!

Olá a todos, está no ar o blog Diálogos Visuais.

Nesse espaço, eu, Denis Akel, mostrarei e comentarei parte dos processos de criação de curtas-metragens em animação que venho desenvolvendo em parceria com meu irmão, Diego Akel.
Será um espaço para divulgar através de fotos e vídeos um pouco de nossa rotina de trabalho.

Além disso, divulgarei também o meu trabalho como animador independente, que se iniciou a bem pouco tempo. Futuramente, pretendo ainda divulgar meus trabalhos em outras áreas: alguns textos, fotografias, pinturas e origami.

Mas o Diálogos Visuais não se resume apenas a divulgar o nosso material. Esse espaço valorizará a animação como forma de arte sob todos os apectos, como um meio de expressividade única. Teremos mostras virtuais com um conteúdo selecionado de obras de grandes animadores de ontem e de hoje.

Sintam-se à vontade para quaisquer críticas e sugestões =)