Frases


"Todos temos coisas na vida que valem a pena ser contadas, escritas. Mesmo que não para publicar, escreva-as para a família."Ilko Minev



segunda-feira, 22 de março de 2010

Dica de leitura: Alice no País das Maravilhas


Bom, não é querendo me aproveitar do alvoroço em cima do lançamento da adaptação de Tim Burton para o cinema, mas achei importante estrear esta seção do blog falando deste incrível livro.

Publicado inicialmente em 1865, Alice no País das Maravilhas é o típico livro que pode ser tachado prematuramente por ser inicialmente voltado ao público infantil, mas que após alguns minutos entre suas páginas percebemos que ele vai muito mais além disso.

O livro traz uma linguagem simples, direta, sem muitas descrições, mas com uma excepcional liberdade criativa e fantasiosa. O universo surreal é apresentado de maneira tão convicente, principalmente aos olhos da própria Alice, que nos vemos imersos nessa realidade onde tudo é possível.

Um outro fator interessante da obra é a predominância do uso de lógica e proposições, mais ou menos no estilo desta que cito abaixo:

Os Dicionários são úteis; Livros úteis são valiosos. Os Dicionários são valiosos.

Isso se deve ao fato de Lewis Carroll, autor da obra, ter sido um dos mais distintos e respeitáveis professores de matemática e lógica de seu tempo. Na verdade, ele inicialmente publicou diversos livros técnicos nestas áreas, sob seu nome real, Charles Dodgson, só depois se dedicando à literatura.

Obteve também reconhecimento como fotógrafo, retratando pessoas importantes da época, como poetas e cientistas, além de meninas entre 8 e 12 anos. Foi uma de suas modelos, a pequena Alice Liddlle, pela qual nutria uma paixão platônica, que inspirou a sua maior criação literária.

Eu já havia começado a ler há algum tempo, mas por alguns reveses, tive de interromper a leitura. Recentemente, fiz a mim mesmo o favor de voltar a me aventurar pelo País das Maravilhas, relendo e me impressionando novamente com a mistura de simplicidade e complexidade presentes em cada página.

É realmente uma história incrível, única, banhada de originalidade, que pode fascinar facilmente a todos que se deixarem levar para dentro da toca do Coelho ;)

Em breve falarei mais um pouco sobre esse clássico da literatura, mostrando os desenhos originais da primeira edição, além de outros comentários também sobre a sequência deste livro. Enquanto isso, corram para as livrarias!

6 comentários:

  1. Obrigado pela dica...eu amo ler um muito bom é o livro A ordem é Amém de John Chelh eu adorei é surpreendente e emocionante vale a pena ler!!!

    Eu o achei no site: www.seteseveneditora.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá Suelen, obrigado pela visita e pela dica, que parece realmente bem interessante!

    ResponderExcluir
  3. Com certeza Alice é um clássico para todas as idades e qualquer um que se interesse por algo que se tornou uma referência mundial para inúmeras obras. Quero ler em breve ;)

    ResponderExcluir
  4. Que bom que gostou!!!

    aqui vai mais uma dica:


    A Sete Seven Editora lança o curso de Inglês mais barato do Brasil por apenas 2,99 com 40 exercícios (no livro) e 40 vídeo aulas (via internet)...

    Ideal para quem não tem tempo para aulas presenciais o curso Two Nine Nine que custa apenas 2,99 chegou para trazer facilidade com qualidade!!!

    Veja mais detalhes no site: www.seteseveneditora.com.br

    Good Class!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Belo post.Tambem sou fã do livro de Alice, uma história surreal, fantasiosa,incrível. Se vc gosta de Alice, não deixe de comprar e ler a edicão comentada de Jorge Zahar( se é que vc já não leu, rs). Vale a pena!!! Explica o pq Carrol pensou nisso ou naquilo ao escrever, e mostra o pq de até certas coisas( por ex, o chapeleiro louco) estarem ali no contexto da historia.( não foi por acaso). Se não leu, leia e depois venha aqui me contar. Falei p/ vc comprar, pq se vc gosta de literatura é uma edição que vale a pena ter na sua estante.( e nunca emprestar a ninguem...risos...correr o risco de perder o amigo e uma obra dessas???) gde abraço
    Valéria

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li essa edição, Valéria, mas já ouvi falar bastante dela. Fiz alguns estudos sobre Carroll desde que comecei a ler e conhecer sua obra, pois tenho muita curiosidade sobre o processo criativo dos autores. Carroll é sem dúvida o pai da literatura infantil moderna, pois Alice influenciou e vem influenciando gerações. Pode deixar que vou atrás desse exemplar comentado, com certeza! Abraço!

    ResponderExcluir