Frases


"Todos temos coisas na vida que valem a pena ser contadas, escritas. Mesmo que não para publicar, escreva-as para a família."Ilko Minev



segunda-feira, 15 de março de 2010

O mundo mágico de Art Clokey - (III)


Dando continuidade à série de postagens sobre o grande animador Art Clokey, vamos à terceira e última parte.

Como disse na postagem anterior, Gumby pode ser a maior criação de Clokey, mas não a única. Após o sucesso do The Gumby Show, em meados do anos 60, Art Clokey envolveu-se na produção de uma nova série em stop-motion, desta vez uma série cristã voltada ao público infantil. Era o início de Davey and Goliath.



Os episódios de 15 minutos da série contam as aventuras do garoto Davey e seu cachorro falante Goliath, enquanto eles aprendem valores de Deus sob várias situações do cotidiano.
Com produção da Lutheran Church of America, foram levados ao ar mais de 300 episódios da dupla, do período entre os anos 60 e 75. Joe Clokey, filho de Art, produziu ainda um novo episódio, em 2004.

A equipe de produção liderada por Clokey fez mais uma vez um excelente trabalho, garantindo um nível de animação bastante fluido, com um stop-motion suave e agradável.

Veja um pouco no vídeo abaixo:



David and Goliath fez bastante sucesso em sua época, pelos temas e questões abordados para o público infantil. Recentemente, teve vários episódios lançados em DVD.

Um dos detalhes mais interessantes do trabalho de Art Clokey são as aberturas de suas séries. Além da abertura, cada episódio de Gumby sempre traz uma criativa vinhetinha na tela de título, girando em torno do tema do episódio. Passando por suas séries, Art Clokey também realizou créditos de abertura para filmes, sendo esta a mais conhecida, do filme Dr. Goldfoot & The Bikini Machine, de 1965:




E já próximo à conclusão desta série de postagens, não posso deixar de mostrar Mandala, um dos trabalhos experimentais de Clokey, de 1977. Um verdadeiro deleite visual entre formas, expressões e sentimentos:




Bom, chego então ao final desta série de postagens, que além de serem uma referência a Art Clokey, são também uma homenagem: o grande animador, infelizmente veio a falecer no dia 8 de Janeiro deste ano, aos 88 anos. Eu já conhecia o excepcional talento deste mestre do stop-motion há quase um ano, época em que comecei a baixar os episódios de Gumby, e então veio essa lastimável notícia...

Mas Clokey nos deixou um vasto mundo a explorar, que sempre pode ser redescoberto. Gumby até os dias de hoje ainda faz muitas aparições em exposições e documentários, como o premiado Gumby Dhrama.

Espero que estas postagens possam introduzir algo para quem ainda não conhece este belo trabalho de uma vida. Fãs de animação, ou simplesmente de um bom entretenimento, não deixem de conhecer o mundo mágico de Art Clokey! =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário